2012 com força total na ADCE Sorocaba

CREIO EM DEUS

Para saber porque podemos crer, primeiro devemos saber em que podemos crer. Podemos crer em Deus. E porque podemos crer em Deus?

A resposta a essa pergunta não é simples. Demanda fé (dom Divino), comprometimento com algo que num primeiro momento não identificamos (nós mesmos) e estudo (ciência).

Explico.

Para acreditar em Deus, é mister que saibamos ao menos identificar a Deus. Para isso, Ele “colocou” em cada ser humano um “dispositivo” que faz que com que nos sintamos vazios, por mais repletas que sejam nossas vidas, se nelas não houver espaço para Ele. Por essa razão, é natural do ser humano a busca de algo Divino em sua existência. É o que chamo de fé, como dom Divino.

Contudo, essa fé está fadada a fragilidade se a ela não integrarmos algo de nosso. E dentro de nossas limitações, a única coisa que temos a oferecer a nossa fé, é o nosso comprometimento. Mas comprometimento com quê? Comprometimento consigo mesmo, eu diria. Afinal, se a fé é um dom Divino, nós a recebemos com um propósito, e este propósito só será alcançado se nós o identificarmos com a mente, com o coração e com a alma.

Para isso, Deus nos presenteia com duas orientações significativas. A primeira, a de que somos feitos a Sua imagem e semelhança. A segunda, a de enviar seu filho único (e si mesmo encarnado), para que entendêssemos a divindade que Ele destinou a cada um de nós. Assim, comprometer-se consigo mesmo, é se comprometer com Deus.

Por derradeiro, e não menos importante, a fé pressupõem entrega. A fé pressupõem confiança plena em que está tudo certo, sempre, na medida em que nada acontece sem que haja, ao menos, a permissão Divina. Logo, se nos entregamos nas mãos de Deus e buscamos realizar a sua vontade, é certo que está acontecendo o que deve acontecer, ainda que esta não seja a nossa vontade.

Sem ressalvas, Deus nos deu o livre arbítrio, para que fossemos senhores de nossos caminhos. Por isso, quando tomamos decisões equivocadas, também estamos trilhando o Caminho, e não cabe a nós, homens, julgar quem faz a escolha certa. Isso não retira a responsabilidade por nossos atos, uma vez que fazer escolhas pressupõem erros e acertos e suas conseqüências, que por sua vez, nos permitem o aprendizado.

Não pretendo com essas palavras relativizar a fé, mas ressaltá-la, na certeza de que Deus sabe o que faz e quer o melhor para cada um de nós.

Nesse contexto, é possível pensar em ciência de fé. E pensar em ciência de fé, é pensar na busca do conhecimento de si mesmo, na medida em que não somos capazes de dimensionar a Deus, e o mais próximo que temos dEle, somos nós mesmos, feitos a Sua imagem e semelhança. E para buscar conhecimento, num primeiro momento, não se deve desprezar possibilidades ou ficar preso a paradigmas. Para buscar essa ciência, é preciso muita fé e coragem, na certeza de que está tudo dentro da vontade Divina.

Quando o cristão assume esta fé e coragem, seus horizontes se abrem. Deus apresenta a Ele novas facetas da fé. Deus o permite enxergar a si mesmo em sua essência. Deus permite ao homem que reconheça suas próprias sombras e a importância que essas sombras tem para que suas luzes sejam capazes de iluminar. Mais do que isso, Deus permite que o Cristão aceite suas próprias sombras com o Amor Divino, de Criador, na medida em que enxergamos que sem elas não seríamos capazes de ser quem somos, e reconhecemos que Deus nos fez assim e nos amou assim, do jeito que somos, o que nos possibilita ter um pingo de dimensão do Seu Amor. E é neste momento que começamos a enxergar um pouco da Sua face, o que nos é suficiente para entender que Deus é Amor em sua plenitude. Torna-se fácil, então, entender o porque podemos crer e assumir de coração o nosso credo.

Amar a Deus sobre todas as coisas, de toda nossa mente, de todo nosso coração e de toda nossa alma, é mais fácil do que parece. Mas se não nos comprometermos com nós mesmos e com nossa fé, sem medo do conhecimento, não vamos alcançar esta graça.

Nelson Cenci- Diretor Secretário da ADCE


Leia sobre este importante evento que você está convidado a participar acessando o site da ADCE SP www.adcesp.org.br

Para ampliar a leitura clicar
na imagem .

Informações abaixo no convite da

Diretoria da Diretoria

Sorocaba com força total em 2012

As primeiras reuniões da diretoria da ADCE Sorocaba começaram com entusiasmo. O planejamento de atividades para o primeiro semestre está elaborado com palestras com temas atuais. ” O excesso de estresse emocional gerado pela tecnologia do século XXI” será debatido no dia 29 de março com a participação de convidado da diretoria com experiência profissional na área saúde/empresarial e vivência cristã no ambiente social.
Secretaria da ADCE em funcionamento em Sorocaba
A ADCE Sorocaba conta a partir de 01 de março com a sua Secretaria funcionando em prol dos associados e da integração da entidade com as demais ADCEs do Brasil.
Samantha Fachetti Mariano já está a disposição dos associados e de quem necessita informações da ADCE pelo telefone 15 3227 0666 ou e-mail adcesorocaba@gmail.com.
CONVITE

Caros Associados,

ADCE Sorocaba gostaria de convidar a todos para participar do almoço palestra da ADCE – SP, no dia 19 de março de 2.012, no qual a palestrante Marina Silva, ex Ministra do Meio Ambiente, tratará do tema “Sustentabilidadde e Valores”.

Aos interessados, se faz necessário que confirmem sua presença.

Qualquer dúvida me coloco a disposição.
Samantha Fachetti Mariano
ADCE Sorocaba

APOIO DA ADCE NA DIVULGAÇÃO
O Reitor do Santuário Nossa Senhora dos Remédios, Padre Francisco Castellano e a Irmandade Nossa Senhora dos Remédios, informam que, atendendo solicitação da comunidade, alunos e professores da UFSCar e da Universidade do Cavalo, haverá celebração de Missa diária no Santuário a partir do dia 01 de março às 19 horas;
O Santuário Nossa Senhora dos Remédios foi elevado a Santuário há quatro anos e está situado no Bairro do Itinga, entre Sorocaba e Salto de Pirapora – Rodovia João Leme dos Santos, km 110,5 – logo após o campus da UFSCar e próximo à Universidade do Cavalo;
O Santuário Nossa Senhora dos Remédios vem sendo local de peregrinação desde meados do século XIX;
Há várias indicações sobre a devoção a Nossa Senhora dos Remédios. Uma delas conta que com o objetivo de resgatar os cristãos escravizados na África e no Oriente Médio, São João da Mata e São Felix de Valois fundaram em 1198 a Ordem Hospitalar da Santíssima Trindade. Precisavam, para isso, de vultosas somas em dinheiro. Recorreram, então, ao auxílio de Maria Santíssima, o remédio para todas as necessidades que encontramos na vida. Foram abundantemente atendidos e conseguiram libertar da escravidão milhares de irmãos na Fé. Como gratidão, passaram a honrar a Mãe de Deus sob o título de Nossa Senhora do Bom Remédio ou Nossa Senhora dos Remédios. Desde essa época incontáveis fiéis pedem a Nossa Senhora dos Remédios ajuda de modo especial em suas necessidades financeiras. E não recorrem em vão à mais bondosa de todas as manifestações da mãe de Deus.
Solicitamos a divulgação entre seus contatos e o prestígio de sua presença.

Espaço São Bento
Centro Cultural Beneditino de Sorocaba

MISSÃO, VISÃO, VALORES DA ADCE

A ADCE é uma sociedade civil de caráter cultural e educativo, sem fins lucrativos, com sedes e foro na cidade onde funciona. Tem por objetivo, estudar, viver e definir nas atividades econômica e social os princípios e aplicações dos ensinamentos cristãos, através da educação e da formação do meio empresarial. Para isto, promovem estudos, pequisas, cursos, conferências, seminários, congressos, publicações e quaisquer atividades que possam contribuir para o atendimento pleno das metas adeceanas.NOSSA MISSÃO é Unir, orientar e motivar os dirigentes de empresa para a prática efetiva do pensamento social cristão, comprometendo-se com seu melhoramento pessoal, com a transformação do ambiente empresarial e com a edificação de uma sociedade mais justa, que promova a dignidade da pessoa e objetive o Bem Comum. Como norma e conduta, a ADCE têm sua Carta de Princípios do Dirigente de Empresa e seu Decálogo do Empresário Cristão, ambos baseados nos fundamentos da Doutrina Social Cristã, e se definem como a união de dirigentes de empresas que reconhecem e estão decididos a promover os valores humanos na empresa e na sociedade. Em síntese:• afirmam que a empresa, como comunidade de pessoas e de trabalho, é núcleo indivisível constituido diretamente de investidores, dirigentes e trabalhadores, aos quais indiretamente se ligam os consumidores, e é base insubstituível da vida sócio-econômica de um país;• propugnam para que a política econômica tome em conta os interesses de todos os membros da sociedade, segundo os princíoios da solidariedade cristã;promovem a revalorização da formação empresarial e o restabelecimento da positiva imagem do empresário;• contribuem para a formação social dos empresários e dirigentes de empresa, a fim de que estejam em posição de resolver, com pleno sentido de responsabilidade social, os problemas inerentes às funções que exercem;• facilitam o intercâmbio de experiências sobre realizações na empresa; e• querem impulsionar e ajudar os homens de empresa a atuarem individualmente e coletivamente para que a empresa se transforme, com o fim de assumir melhor sua função criativa a serviço do Homem numa sociedade em mudança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *