Dia da Mulher – 8 de março – 2021

Na Bíblia, a mulher nasceu como um grito. A narrativa bíblica explica o surgimento da mulher sob a imagem da costela retirada por Deus do peito do homem. Na cultura do Antigo Testamento, em língua hebraica, o homem é ish e a mulher ishá, com forte acento na última letra transliterada ao português. É como um grito de vida que brota do coração do homem; carne de sua carne, osso de seus ossos, vida de sua vida.

Já aqui nas origens a mulher não é apenas companheira ideal, mas imagem de um povo que nasce do coração transpassado de Cristo na Cruz, que transbordando de amor, cria uma nova  humanidade. Jesus Cristo, cria de sua própria carne imaculada e imolada, a Igreja, para tornar-se sua Esposa perfeita.

Tão especial e importante é o feminino na história da salvação que já nas origens sofre o ataque do adversário angélico; sem contar o desafio de estabelecer sua identidade no influxo da história do Povo de Israel, carregando a chaga de ter dado ouvidos à serpente. E olha que a história do Povo de Deus está entrecortada de figuras femininas ilustres (Rute, a rainha Ester, Judite); todas apontando para a bendita humanidade da filha de Sião, a Virgem Maria, em quem todas as mulheres da terra são bem-aventuradas.

É grande, portanto, a vocação feminina, e imenso o desígnio divino a respeito daquelas que carregam a honra de que uma dentre elas foi a primeira testemunha da ressurreição, Madalena. Certamente, a mulher não é um apêndice de humanidade, antes continua a gritar aos ouvidos, de toda a  criação, na terra e no céu, o desejo divino de gerar vida a partir de seu próprio coração.

Toda mulher carrega a vida que brota do coração da humanidade. Parabéns Mulher, todos os dias!

Padre Rodolfo Gasparini Morbiolo
Orientador Espiritual ADCE Sorocaba/SP – Brasil.

Um comentário Adicione o seu
  1. Toda mulher do mundo tem que ser respeitada.pq a mulher tem que ser o espelho de Maria mulher .. mãe.. esposa.. filha.. irmã.. amor eterno…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *