Para que viver?

Olho para um lago…

Escrevo este texto para o Blog ADCE Sorocaba, sentado em um banco e olhando para um lago na manhã do dia 4 de maio de 2020. Faz parte da paisagem de onde moro. Escrevo dedilhando no celular. Há anos participei do CVV Samaritanos. O telefone tocava dezenas de vezes durante o dia. Muitos queriam apenas desabafar. Outros, se suicidar. Aconteceram também dezenas de vezes esses fatos. Sorocaba tem um índice altíssimo de suicídios e de gente solitária. Para que estou contando isso? Dom Julio Akamine, arcebispo metropolitano, escreveu neste último dia 3 de maio na imprensa um artigo com o tema “Para que a pandemia?”

Estou em quarentena. Fico em casa. Arrumo o que fazer o dia todo. Colaboro com o Conselho de Leigos nas redes sociais em busca de alimentos aos necessitados. Já foram mais de 26 toneladas arrecadadas com a coordenação de um associado da ADCE José Carlos Felamingo e vários outros associados da entidade. Nestes 40 dias conseguimos revitalizar o site do Santuário de Santa Filomena e agora ele evangeliza com transmissões diárias da missa do padre Wagner. E a ADCE? Bem, você lê este artigo no blog deve estar perguntando como posso sair da angústia e depressão da quarentena e desejar viver. A Associação dos Dirigentes Cristãos de Empresas – ADCE, reúne amigos independentes de sua categoria de dirigente ou voluntários cristãos para difundir valores que levam a considerar a pessoa em primeiro lugar. E aí entra para que a vida. A vida, um dom de Deus, é dada as ovelhas amadas do bom pastor, como hoje a liturgia desta segunda-feira, destaca. Vale a pena ler e refletir. Hoje escrevi e postei no Facebook umas palavras que compartilho aqui com vocês. Acredito que falam mais que tudo.

Olhei pro dedo enquanto digitava no IPad. As letras ganham vida na tela e formam palavras que você lê e entram na sua vida. Um milagre do pensamento que se materializa em comunicação entre nós a qualquer distância. Esse é o segredo do Pai Eterno que num toque de dedo escreveu o seu nome na história deste planeta Terra. Sinta-se amado(a) por Ele pois você é fruto do seu amor sem limites.

Ótima semana a todos!

Vanderlei Testa
Conselheiro da ADCE

3 comentários Adicione o seu
  1. Afinal, quantas pandemias individuais já passamos em nossas vidas? Vamos olhar isto como um propósito maior de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *